terça-feira, 11 de dezembro de 2007

Metanóia vs Paranóia

«A palavra bíblica para conversão é metanóia, que significa uma transformação radical do eu interior. Descobrimos que um relacionamento pessoal com Jesus Cristo não pode mais ser contido num código de faça e não faça. Ele torna-se, como escreveu Jeremias, uma aliança escrita nas tábuas de carne do coração e gravada no coração mais profundo do nosso ser.
A conversão abre-nos para uma nova agenda, novas prioridades, uma diferente hierarquia de valores.

"O oposto de conversão é aversão. O outro lado da metanóia é paranóia. A paranóia é normalmente compreendida em termos psicológicos. É caracterizada por medo, suspeita, fuga da realidade. A paranóia resulta comumente em elaboradas alucinações e auto-ilusão. No contexto bíblico a paranóia implica mais do que desequilíbrio emocional ou mental. Ela diz respeito a uma atitude de ser, uma postura do coração. A paranóia espiritual é uma fuga de Deus e do nosso verdadeiro eu.
É uma tentativa de escapar da responsabilidade pessoal. É a tendência de evitar o custo do discipulado e buscar uma rota de fuga das exigências do evangelho. A paranóia de espírito é uma tentativa de negar a realidade de Jesus de tal modo que racionalizamos o nosso comportamento e escolhemos o nosso próprio caminho." - John Heagle, On the Way».( os grifos são meus)

Fonte: Brennan Manning, em "A assinatura de Jesus"

Um comentário:

Thiago Ya'agob disse...

Gostei do que li.

Parabéns.

Deus te abençoe!

A beleza que salva o mundo

"...Porque o amor, mesmo que em silêncio, está sempre germinando as primaveras.  Amar é a beleza que salva o mundo."  [Lu...