sexta-feira, 19 de junho de 2015


"Algumas pessoas são tão pobres que Deus só pode aparecer-lhes na forma de pão"

M. Gandhi

terça-feira, 16 de junho de 2015

REPARTIR O PÃO


«Há revelações que não nos chegam quando conversamos, mas quando repartimos o pão.»

Fábio de Melo (@pefabiodemelo)

sábado, 13 de junho de 2015

SEMPRE PELA MÃO DO OUTRO


«É sempre pela mão do outro que somos conduzidos à visão de Deus. (...) 
Sem o inesperado que o outro é para mim, facilmente transformo Deus num ídolo moldado pela minha estreita expetativa. (...)No olhar do outro adivinha-se um caminho a percorrer.»

Carlos Maria Antunes, in Só o Pobre se faz Pão

quarta-feira, 10 de junho de 2015

QUEM CONFIAR NO AMOR


«Quem confiar no amor que aprecia, gera e resgata a vida, e a ele se confiar, será salvo. Quem duvidar e dele se separar, defendendo a vida só para si, mesmo à custa da vida de outros, perder-se-á.»

José Frazão Correia, s.j., in Entre-tanto

domingo, 7 de junho de 2015

DEUS DETESTA PERDER


«Deus detesta perder. Deus faz tudo para não perder.
Há, entretanto, uma precisão a fazer.
É que enquanto nós não gostamos de perder nada, Deus não gosta de perder ninguém.

Enquanto nós trocamos facilmente as pessoas pelas coisas, Deus dispõe-Se a sacrificar todas as coisas — e a sacrificar-Se a Si mesmo — para não perder nenhuma pessoa.
O que move Deus não é essa coisa que se chama dinheiro. Nem essa coisa que se chama poder.
O que (co)move Deus são as pessoas, somos nós.»

sexta-feira, 5 de junho de 2015

O HUMANO TÃO PURAMENTE HUMANO


«Não é quando nos distanciamos do humano que nos aproximamos de Deus. É quando aterramos na sua maior profundidade que tocamos o divino.
Haverá algo mais divino que a humanidade de Jesus?
Jesus é uma lição sem fim. Lição que não vem de qualquer cátedra, mas que tem a argamassa de uma vida tão humanamente cheia.

O humano tão puramente humano (tão inteiramente humano!) de Jesus é uma respiração divina, um enclave da eternidade pelas inclementes estradas do tempo.
Divina é esta humanidade sem freio, é esta franqueza sem constrangimentos, é este amor sem vacilação, é esta entrega sem limites.»

terça-feira, 2 de junho de 2015

RECOMEÇAR


«Temos direito ao desânimo no nosso caminho. Deus irá sempre buscar-nos ao sítio onde estamos desanimados. Mais ainda: Deus irá sempre buscar-nos infinitamente a esse sítio. Nunca deixará de ser possível retomar o nosso rumo: o nosso caminho pode, em qualquer instante, recomeçar. Recomeçar de todas as interrupções que for tendo.
Jesus estará sempre na margem da nossa vida, à nossa espera, com uma ceia de consolos preparada para nós.»

Gabriel Magalhães, in Espelho meu

A beleza que salva o mundo

"...Porque o amor, mesmo que em silêncio, está sempre germinando as primaveras.  Amar é a beleza que salva o mundo."  [Lu...