sábado, 14 de março de 2015

A FÉ É CLARAMENTE NOTURNA



«A fé tem a ver com a noite. A luz só se vê à noite, como as estrelas. As estrelas brilham no céu noturno. A luz da fé brilha na noite. A fé é um lugar sem certezas. A fé é um lugar de abertura. A fé é uma forma de hospitalidade radical. 


Para mim, as grandes imagens bíblicas da fé são as da luta de Jacob com o anjo (quando ele, no amanhecer ainda escuro, ao atravessar um riacho, luta com o próprio Deus sem saber que está a lutar com Deus; mas essa imagem do combate noturno, agónico, um bocado imperceptível mas que nos fere e deixa depois no nosso corpo a ferida, é a imagem mais prodigiosa do que é a fé no Antigo Testamento) e a do percurso que as mulheres fazem de manhãzinha, com o dia ainda muito escuro, a caminho de um sepulcro que encontram vazio. 

A fé tem necessariamente esse lado noturno de indagação e de expectativa. A fé é uma expectativa. E é nesse sentido a imagem do salto no escuro.»

José Tolentino Mendonça

quarta-feira, 11 de março de 2015

VENHA O TEU ANJO


Venha o teu Anjo tocar o peso da nossa vida
e descobrir neste cerco o que ainda não vemos:
a beleza completamente acesa

Venha o teu Anjo dizer-nos que é possível
uma existência respirar iluminada
por aquilo que espera

Venha o teu Anjo convencer-nos
que é da esperança que nos vem o fogo,
e que em cada um dos nossos instantes
o eterno pode habitar

Venha o teu Anjo aproximar em nós
o barro da estrela
o coração adiado da sua órbita viva
o meu pão do pão de todos
a alegria voltada para fora
da alegria voltada para dentro

José Tolentino Mendonça

sábado, 7 de março de 2015

CAMINHAR CONTRA A «CORRENTE»


«Não devemos deixar-nos arrastar para as águas turvas do cinismo, da passividade e da amargura. Contudo, também não devemos pôr os óculos cor-de-rosa do otimismo ilusório. 

Acima de tudo, devemos rejeitar todo o tipo de droga sob a forma de ideologias que oferecem respostas simplistas ou receitas radicais de má qualidade para reparação instantânea. 

Devemos simplesmente manter-nos a caminho e fazer todos os possíveis por nos deixarmos governar mais pela nossa consciência do que pelas circunstâncias. Naturalmente, isto significará muitas vezes caminhar sozinhos contra a corrente, sem quaisquer perspetivas de «êxito» visível, e parecer excêntricos ridículos aos olhos dos «sábios deste mundo». Mas, se não quisermos tomar esse caminho, não será o sinal de que temos lido em vão o Evangelho da cruz?»

Tomás Halik, in A  Noite do Confessor

quarta-feira, 4 de março de 2015

IRRADIAR ESPERANÇA


«A fé, que pode ser aliada da humanidade na luta contra o mal da violência e contra o sofrimento e o cinismo, não deve multiplicar explicações espalhafatosas: deve irradiar esperança. A esperança é o presente que Deus deu à sua criação; é a capacidade de perceber a realidade como estando permanentemente em aberto.»

Tomás Halik, in A Noite do Confessor

domingo, 1 de março de 2015

FAZER JEJUM DAS PALAVRAS

Senhor, ajuda-nos a fazer jejum das palavras. 
Das palavras desnecessárias, ruidosas, poluídas.
Das palavras dúplices e opulentas, das palavras que atropelam, 
das palavras injustas, das palavras que divergem e atraiçoam, das palavras que separam. 

Ajuda-nos a jejuar das palavras que Te escondem,
das palavras onde o amor não emerge, das palavras confusas, ressentidas, atiradas como pedras, das palavras que muralham a comunicação, das palavras que nada mais permitem senão palavras. 

E que nesse jejum abramos mais o coração àquele silêncio onde os encontros verdadeiros se insinuam.

José Tolentino Mendonça, in Um Deus Que Dança

A beleza que salva o mundo

"...Porque o amor, mesmo que em silêncio, está sempre germinando as primaveras.  Amar é a beleza que salva o mundo."  [Lu...