quarta-feira, 30 de abril de 2008

Ama-me como és

«Eu, teu Deus, conheço a tua miséria,
os combates e as tribulações da tua alma,
a fraqueza e as enfermidades do teu corpo;
conheço a tua frouxidão, os teus pecados, as tuas falhas;
mesmo assim, eu te digo:
"Dá-me o teu coração, ama-me como és".
Se esperas ser um anjo para te entregares ao amor,
nunca me amarás.
Embora tornes a cair muitas vezes nessas faltas
que desejarias nunca conhecer,
embora sejas indolente na prática da virtude,
não te permito que não ames.
Ama-me como és.
Em cada instante e em qualquer situação em que te encontrares,
no fervor ou na aridez,
na fidelidade ou na infidelidade,
ama-me tal como és.
Quero o amor do teu coração indigente.
Se, para me amares, esperas ser perfeito, nunca me amarás.
Meu filho, deixa-me amar-te, eu quero o teu coração.» - Luís Rocha e Melo S.J. , em "Se tu
soubesses o dom de Deus"

2 comentários:

Viviana disse...

Bom dia, Paulo,

O Pastor da minha Igreja, que por sinal é meu irmão duas vezes... costuma dizer quando prega a Palavra:

"Meus irmãos, o nosso mal é não deixarmos que Cristo nos ame!"

Ao ler o seu texto de hoje, lembrei-me de um hino que costumamos cantar, que diz:

"EU venho como estou, eu venho como estou!
Porque Jesus por mim morreu, eu venho como estou."

Desejo-lhe um dia muito abençoado
Um abraço no Amor de Cristo
viviana

Tatiane disse...

Olá,
que blog maravilhoso.
Lindas mensagens!!! A paz esteja com vc!
Tatiane

A beleza que salva o mundo

"...Porque o amor, mesmo que em silêncio, está sempre germinando as primaveras.  Amar é a beleza que salva o mundo."  [Lu...