sexta-feira, 21 de março de 2008

Um Sinal de Amor


«Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé no filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim.» - Apóstolo Paulo na Carta aos Gálatas 2:20

«Que siginifica a cruz? É o despojamento do amor próprio, da vontade própria e do interesse próprio. (...)

É monstruoso ser simplesmente correcto com um crucificado . Há pessoas para quem o ideal é serem correctas. Não faço mal, cumpro as minhas regras religiosas, sou correcto; não têm nada a censurar-me. Visto que o nosso Deus é um Deus crucificado, que o perdão divino está ligado à cruz, tenho de admitir que ser simplesmente correcto, educado, com um crucificado, é verdadeiramente monstruoso.» - François Varillon, em "Viver O Evangelho"

"A cruz só pode ser lida no amor, como sinal de Deus que salva e purifica o homem, como sinal de Jesus que traduz a Sua liberdade de ser fonte e meio de salvação para o homem. Sem amor a cruz é não-significante.(...)
Ele restaura-nos no amor vindo alto. Mas isto só se pode realizar no interior de nós mesmos por meio de um dilaceramento, de um aniquilamento de nós mesmos, de uma sincera purificação da nossa vontade, de modo a podermos responder sim na plena liberdade do amor." - Pe. Constant Tonnelier, em "Quinze dias com São João da Cruz"

2 comentários:

Sammis Reachers disse...

Amado irmão, que prazer imenso 'descobrir' este espaço, e a riqueza de seu conteúdo! Edificação em alta voltagem. O texto de Brennan Manning sobre Dominique Voillaume é algo irresistível, e eu tive de publicá-lo num blog onde colaboro, o Letras Santas (http://letrassantas.blogspot.com), linkando seu blog.

Mantenho diversos blogs de temática evangélica, e gostaria de trocar links contigo. Desde já estou inserindo seu link nos blogs:

Arsenal do Crente - http://arsenaldocrente.blogspot.com
Poesia Evangélica - http:www.poesiaevanglica.blogspot.com
Veredas Missionárias - http://veredasmissionarias.blogspot.com
Azul Caudal - http://azulcaudal.blogspot.com

Dê uma olhada nos blogs, amado.

E continue publicando estes excelentes textos, que nos servem de rocha (ao nos remeter tão poderosamente à ROCHA) e sustento.

Estou à disposição.

Um fraterno abraço do irmão Sammis

Graça ivo disse...

Qual terá sido o maior sinal de Amor que Jesus nos deu? Teria sido vir à Terra para nos ensinar a Amar e Perdoar? Terá sido enfrentar o doloroso e cruel martírio da Cruz? Fico me perguntando de que forma poderemos agradecer tão precioso sacrifício. É claro que nada do que fizermos poderá ser suficiente para quitarmos nossa dívida.
Mas se Jesus é só Amor, como sabemos que É, penso que Ele só quer de nós o mesmo Amor. Ele sequer nos pede sacrifícios. Pede só Amor!
Será essa uma Cruz tão pesada para nós? Apenas Amar?
Vamos então olhar para Ele na Cruz todas as vezes que acharmos difícil Amar o nosso irmão!
Graça

Nada é grave...

"Nada é grave, a não ser perder o amor." [Irmão Roger de Taizé]