quinta-feira, 19 de abril de 2007

O Tesouro do coração


Hoje, abri um livro de poesia e, dentro dele, encontrei algumas folhas soltas com poemas escritos por um grande e insubstituível amigo que, apesar da distância e do tempo, permanece no meu coração como um tesouro inestimável. Gostaria de partilhar um poema que ele escreveu faz imenso tempo(tantas saudades)... o poema fala por si...

Se encontrares um tesouro no teu coração
ninguém te roubará nada,
e o teu olho será a porta
onde irei penetrar e adormecer descansado;
E a tua boca produzirá
palavras que não serão apenas palavras,
serão mãos estendidas aos pobres,
serão fome e sede curadas.

Irei penetrar nos teus olhos
a caminho do teu coração.
Quando eu chegar lá,
serei curado pela batida pura,
pela bondade e compreensão.

Se encontrares uma fonte,
dá de beber ao pobre.
Se encontrares uma árvore,
dá de comer ao pobre.
Se encontrares o tesouro no teu coração,
dá amor ao pobre.

Um comentário:

Marcus Henrick disse...

UM AMOR PURO ..em que as necessidades do outro são mais importantes...
Não o desprezo de Si, mas amando ao outro de forma a negar o desejo do Ego, para fazer nascer um sorriso de Esperança..
Amigos olham pra mesma direção...
De Ângulos diferentes as vezes,
Mas Sempre querem o bem do outro !!

Nada é grave...

"Nada é grave, a não ser perder o amor." [Irmão Roger de Taizé]