segunda-feira, 9 de abril de 2007

O Mestre dos Mestres


No seu livro "O Mestre dos Mestres" , o psiquiatra Augusto Cury faz uma interessante análise psicológica e social da vida de Cristo. Este e outros livros da colecção "Análise da Inteligência de Cristo" ajudaram-me a compreender certos aspectos da inteligência e personalidade do nosso Salvador que não havia percepcionado e apreendido.O grande propósito de Cristo ao descer à terra foi sem dúvida morrer pela humanidade e resgastar-nos da nossa condição pecaminosa. Para libertar-nos do pecado, Ele teve de morrer na cruz e ressuscitar. Jesus demonstrou um Amor incondicional pela humanidade...Ele ama-nos apesar de todos os nossos defeitos e falhas. Contudo, Ele não deseja que sejamos vítimas dos nossos defeitos, das nossas imperfeições...Ele deseja a nossa transformação interior, a vivência e a construção de uma nova vida sob os alicerces dos seus ensinamentos e do modelo de vida que nos deixou como exemplo.Cristo ensinou e instruiu os seus discípulos para que dessem continuidade à obra que Ele havia iniciado e, ao mesmo tempo, com os seus ensinamentos, gestos e atitudes, operou uma transformação radical da personalidade daqueles que Ele havia escolhido para seus principais discípulos. Augusto Cury fala na "escola da existência de Cristo" e mostra-nos como Ele foi um Mestre incomparável, único...Num próximo post escreverei sobre essa escola da existência.

Um comentário:

iL Sparta disse...

Conheci o livro e posso afirmar que a visão sobre Jesus como homem e esquecendo de sua possivel divindade, me permitiu rever muitas coisa. E assim como Augusto curi que se dizia ateu, afirmo hoje que ja não saberia responder se eu ainda sou ateia ou acredito em Deus... Pretendo ler mais livros da coleção de Curi, todos estão na fila de minhas prioridades de leitura.

A beleza que salva o mundo

"...Porque o amor, mesmo que em silêncio, está sempre germinando as primaveras.  Amar é a beleza que salva o mundo."  [Lu...