sexta-feira, 28 de novembro de 2008

UMA IGREJA VERDADEIRA


«O nosso mundo anseia por se converter mas não se converterá a Deus sem encontrar uma verdadeira Igreja, uma verdadeira Fraternidade. O mundo de hoje é demasiado realista para acreditar em raciocínios, em demonstrações e em provas. Quer, como S. Tomé, ver e tocar, encontrar mãos abertas (sabeis perfeitamente o que isto quer dizer), deparar com corações abertos, com um acolhimento afectuoso e confiante...

O mundo não acreditará em Deus, se não vir uma Igreja verdadeira. O mundo não acreditará na Ressurreição de Cristo, se o levares à Biblioteca Nacional para estudar as fontes da Revelação cristã. Para ele, só há uma prova de que Cristo ressuscitou: é que Ele continua vivo. E só uma prova existe de que Cristo continua vivo e é que Seu amor ainda vive no mundo, vivendo no nosso amor.
Este é o testemunho válido de que o amor de Cristo vive no mundo: que nós vivamos do amor, que nós amemos os outros com um amor que ultrapassa as forças do nosso coração...

O mundo precisa de encontrar uma verdadeira Igreja onde o amor do Cristo ressuscitado seja vivo, um ambiente onde se ame...
Este é o milagre que os cristãos deviam realizar: o milagre do seu amor.
Que onde quer que viva um cristão se construa uma fraternidade e nela se manifeste uma oferta e um apelo de amor...

O mais precioso serviço a prestar a alguém é oferecer-lhe uma imagem dele na qual se possa reconhecer e aceitar-se.
Isto é o que o mundo espera: que realizemos o milagre de nos amarmos assim.

É assim que se procede quando se ama um ser: ama-se tanto que ele ousa tirar a máscara diante de nós e principia a ousar ser bom e meigo, e vulnerável e generoso como nunca tinha sido para com ninguém e tudo isso apenas porque nós o animámos a ser assim...

O mundo converter-se-á quando vir uma verdadeira Igreja onde dois ou três de entre nós, reunindo-se e amando-se, lhe oferecerem a imagem dele mesmo que o mundo reconhecerá como o ideal a que aspira e que em vão procurou em tantas Igrejas...»

(Louis Evely, em "Fraternidade e Evangelho")

Um comentário:

Marciele disse...

Gostaria de convidá-lo a visitar o site da A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Ùltimos Dias: http://lds.org/?lang=por

Você vai gostar muito.

Parabéns pelo blog. Inspirador.

Nada é grave...

"Nada é grave, a não ser perder o amor." [Irmão Roger de Taizé]