terça-feira, 10 de julho de 2007

Oração e liberdade pessoal


“ A oração é a mais verdadeira garantia da liberdade pessoal. Somos mais verdadeiramente livres no livre encontro dos nossos corações com Deus na Sua palavra e ao recebermos o Seu Espírito, que é o Espírito de verdade e liberdade . A Verdade que nos liberta não é uma mera questão de informação sobre Deus, mas a presença em nós, por amor e graça, de uma pessoa divina que nos leva a participar da vida pessoal íntima de Deus como Seus Filhos [e Filhas] adoptivos. Esta é a base de toda a oração, e toda a oração deve estar voltada para este mistério da adopção na qual o Espírito em nós reconhece o Pai. O clamor do Espírito em nós, o clamor do reconhecimento de que somos Filhos [e Filhas] no Filho, é o cerne da nossa oração e o maior motivo de oração.

Portanto, recolhimento não é exclusão de coisas materiais, e sim atenção ao Espírito no mais íntimo do nosso coração. A vida contemplativa não deve ser encarada como uma prerrogativa exclusiva dos que residem entre paredes monásticas. Todos podem procurar e encontrar essa consciência e despertar íntimos que são dons de amor e um toque vivificante de poder criador e redentor, do poder que ergueu Cristo de entre os mortos e que nos limpa das obras da morte para servirmos ao Deus vivo. Hoje com certeza é preciso enfatizar que a oração é uma real fonte de liberdade pessoal no meio de um mundo no qual somos dominados por organizações imponentes e instituições rígidas que só procuram explorar-nos para obter dinheiro e poder. Longe de ser a causa da alienação, a verdadeira religião em espírito é uma força libertadora que nos ajuda a encontrar-nos em Deus .”

Um comentário:

Laurie Marie disse...

Gostarias de participar do blog Jesus? Basta enviar um e-mail para deosalvatoremeo@gmail.com.

Ficarei contente em tê-lo na minha lista de amigos.

As velas

"Nas igrejas nada reza excepto as velas. Elas perdem todo o seu sangue. Consomem todo o seu pavio. Não reservam nada para elas, d...