terça-feira, 5 de maio de 2009

O CAMINHO DA HUMILDADE (2 ªparte)

O objectivo do caminho interior é o amor-perfeito, que expulsa todo o medo. O caminho da humildade conduz acima da humilhação, até ao amor a Deus que nos eleva e nos puxa para si.

São Bento descreve o fim do caminho da humildade com palavras semelhantes às de João Cassiano. «Se tu és verdadeiramente humilde, a tua humildade conduzir-te-á imediatamente a um nível superior, ao amor que não tem medo de nada. Então, começarás naturalmente, sem qualquer esforço, a seguir tudo aquilo que antigamente observavas com medo da punição, sem ter mais em vista a punição ou qualquer outro medo, mas por amor à bondade como tal, e por alegria pelas virtudes» (Cassiano 49). Para Cassiano, o amor é o objectivo do caminho espiritual e o fruto da pureza do coração. (...)


O objectivo da humildade é, portanto, espiritual, e não moral. Não diz respeito a uma virtude, tem a ver com a capacidade para a contemplação, com a oração pura, através da qual devemos estar em união com Deus. (...)

O caminho espiritual corresponde à nossa essência interior. (...)

A humildade trouxe-nos calma através do contacto com a nossa própria realidade, com a nossa natureza criada por Deus. Quando estamos em contacto com a nossa verdadeira essência, encontramos sozinhos o caminho para Deus. Então não é necessário mais nenhum mandamento e nenhuma pressão exterior. (...)


Anselm Grün, em "Bento de Núrsia - Mestre da Espiritualidade"

Nenhum comentário:

Nada é grave...

"Nada é grave, a não ser perder o amor." [Irmão Roger de Taizé]