domingo, 22 de março de 2009

AMADURECER NA FÉ (1ªparte)

«O Deus revelado em Jesus Cristo e já antes manifestado pelos profetas não é Deus que acuda de imediato a todas as angústias dos homens, não fosse Ele desresponsabilizar os humanos ao substituir-se a eles nas lutas da vida que são chamados a combater.

Não é de estranhar que o Deus de muita gente seja a esperança de remédio para tudo, pois a fé como relação gratuita de amor não aparece por geração espontânea. Educa-se na pedagogia de Jesus.

Deus não se zanga com ninguém por causa da imperfeição da sua fé. Nascemos assim; somos chamados a um caminho de perfeição mas ainda não chegámos a ela.

Nada mais normal que a primeira noção sobre Deus seja a de um «Deus-solução-para-tudo». Mas não é assim que Ele se revela.

No silêncio, onde nada acontece nem a voz da consolação se faz sentir, Deus é o grande pedagogo do amor que faz passar de uma relação infantil e interesseira à relação madura e responsável. Não chama apenas à fé, chama também ao amadurecimento da fé que é interpelada a crescer como o grão da mostarda (Lc 17, 5-6).»

(Luís Rocha e Melo, s.j., em "Se tu soubesses o dom de Deus")

2 comentários:

Anônimo disse...

como é bom passar por aqui e .... quanto sou amado e amado e amado ,.... como sou, e consigo ser agora .Buscar sempre, amadurecer, com tão grande amor de Deus por mim.
Bem - Bom .

Raquel do Carmo disse...

Que profundo e verdadeiro isso: O pedagogo do amor não chama somente à fé, chama ao amadurecimento da fé. Lindo! Verdadeiro!

A beleza que salva o mundo

"...Porque o amor, mesmo que em silêncio, está sempre germinando as primaveras.  Amar é a beleza que salva o mundo."  [Lu...