segunda-feira, 17 de setembro de 2007

Graça maravilhosa

Nós não só somos salvos pela graça, de graça, única, exclusiva e totalmente pelo que Jesus consumou, terminou e realizou na cruz, em nosso lugar; como nós, também somos aperfeiçoados, santificados, transformados e permanecemos na fé, única e tão somente, pela mesma graça maravilhosa de Deus. Tudo que recebemos de Deus é por Seu favor dispensado a nós. É aí que cessa todo o orgulho humano. É aí que terminam as vaidades humanas. É aí que param os juízos humanos. É aí que acabam as performances e os desempenhos de espiritualidade para os outros verem ou para provarmos para Deus ou para nós mesmos que somos santificados o bastante. É aí que acabam as competições de quem é o mais abençoado, o mais usado, a mais consagrado ou o mais fervoroso. Não queremos mais chamar a atenção para nós mesmos, mas para Jesus. Porque tudo é fruto da Sua bondade, amor, misericórdia e graça nas nossas vidas.
Somos todos vasos de barro com pés de argila, mendigos dizendo a outros mendigos onde nós encontramos pão. Crer na graça de Jesus nos despoja de todas as nossas pretensões e nos deixa despidos de toda e qualquer imagem de espiritualidade. Somos quem somos e Deus nos ama. Ele é quem vai nos transformar e aperfeiçoar, nos ensinar e corrigir, nos fortalecer e amadurecer, através da Sua graça e amor.
Crer na graça de Jesus pacifica o nosso ser. O discurso da religião sem amor e do culto da culpa não nos amedronta ou atormenta mais. Fomos conquistados pelo extraordinário amor de Deus. Cristo deu a Sua vida por nós. Ele entregou a Sua vida para que nós possamos viver.
Crer na graça de Jesus nos faz agir por pura gratidão, consciência, devoção e amor. É totalmente diferente. Somos constrangidos pelo amor de Jesus. É uma consciência que surge em nós e que gera generosidade, misericórdia, acções de graças e compaixão. E ao contrário do que dizem alguns: a graça não é grátis, mas custa caro; na verdade, a graça não custa nada para quem a recebe, mas custou tudo para quem a oferece a nós: Jesus, nosso amado Salvador.
Isso muda nossa visão. Muda até mesmo o modo como lemos as Escrituras. Mais do que isto, muda o modo como vemos as pessoas; os nossos valores na vida; a nossa busca; o que nos fascina; o que nos entusiasma e o que nos assombra. Não é do dia para a noite, mas algo que vai crescendo dentro de nós. Como escreveu Paulo, nós somos transformados pela renovação do nosso entendimento. Minha oração é que cada um de vós possa experimentar a graça de Jesus na sua vida e ficar tão tomado pela consciência deste favor imerecido e deste amor sem fim que as coisas comecem a mudar dentro de si: no seu entendimento, na sua visão, no seu modo de ver e entender as coisas, a vida, as pessoas e o Evangelho. Deus nos ajude.

Pr. Paulo Cardoso

2 comentários:

Maria João disse...

E tudo se torna mais claro com a Luz de Cristo...


beijos em Cristo

Marlene Maravilha disse...

Sim, que Deus nos ajude! Ele é o amor! Excelente palavra!
Sinto tua falta!
abracos

Nada é grave...

"Nada é grave, a não ser perder o amor." [Irmão Roger de Taizé]