terça-feira, 26 de junho de 2007

Sementes que dão fruto


A vida é uma oportunidade dada por Deus para nos tornarmos quem somos, para afirmarmos a nossa própria e autêntica natureza espiritual.Um dos maiores actos de fé é acreditar que os poucos anos que vivemos nesta terra são como uma pequena semente plantada num solo muito fértil. Para que esta semente possa produzir fruto, deve morrer.

Como seria diferente a nossa vida se fôssemos realmente capazes de acreditar que ela se multiplica em frutos quando se entrega como dom!
Como seria diferente a nossa vida se acreditássemos que todo e qualquer acto de fidelidade, todo e qualquer gesto de amor, toda e qualquer palavra de perdão, toda e qualquer fracção de alegria e de paz se multiplicam enquanto houver pessoas para os receberem e que, mesmo assim, ainda sobrará alguma coisa!


Henri Nouwen, Viver é ser amado

Nenhum comentário:

Nada é grave...

"Nada é grave, a não ser perder o amor." [Irmão Roger de Taizé]