sábado, 3 de maio de 2014


«Viver o dia-a-dia como pessoas ressuscitadas é fruto de um caminho interior percorrido na liberdade do SER e na bondade dos gestos.»


Nenhum comentário:

Nada é grave...

"Nada é grave, a não ser perder o amor." [Irmão Roger de Taizé]