quinta-feira, 15 de maio de 2014


«O sentido da existência não é prolongar a vida que morre, mas construir a vida que não morre.» 

«Em Cristo, somos imensos...porque a Vida segundo o Espírito é a existência sem confins...» 


Calmeiro Matias e Rui Santiago Cssr, em "Como um diário...também nos despedimos de quem amamos"

Nenhum comentário:

Nada é grave...

"Nada é grave, a não ser perder o amor." [Irmão Roger de Taizé]