sexta-feira, 19 de junho de 2009

RECONHECER A SUA VOCAÇÃO (2ª parte)

Onde quer que estejamos, não ficaremos lá senão compreendermos
que a isso fomos chamados por um apelo de Jesus que
nos convida a algo misterioso, de secreto e de muito belo:
a crescer no amor.
Peçamos a Jesus que nos ajude a não termos medo da nossa
pobreza,
a não ter vergonha da nossa pobreza
e a tomar consciência da nossa vocação, da nossa missão.

O apelo de Jesus é sempre diferente
e o seu objectivo é sempre o mesmo;
é um apelo a crescer no amor,
a fazer crescer o amor em nós e no mundo...

Cada apelo é diferente, cada apelo é único,
mas cada um, aí onde está e como é, é chamado a dar a vida.

São Marcos conta como um homem se abeira de Jesus,
e ajoelhando diante d´Ele Lhe pergunta: "Bom Mestre, que
devo fazer para ter a vida eterna?"
Jesus fala-lhe dos mandamentos de Deus e o homem responde:
"Mestre, tudo isso tenho praticado desde a minha juventude".
Então Jesus olhou-o e amou-o...
Prestai bem atenção a esta frase, o texto não diz: "amou-o" mas
sim "olhou-o e amou-o". Os seus olhos devem ter sido tão expressivos!
Então Jesus diz-lhe: "Uma só coisa te falta: vai, vende o que
tens, dá-o aos pobres, e terás um tesouro no céu; depois vem
e segue-Me" (Mc 10, 17-22).

"Vem e segue-Me; vamos caminhar juntos,
vais tornar-te Meu amigo.
Ensinar-te-ei, num mundo onde há tento egoísmo, injustiça
e violência, a ser um homem que ama,
um homem de esperança, um homem de paz.
Não tenhas medo, ensinar-te-ei pouco a pouco a viver de tal
forma que todo o teu corpo, todo o teu ser
se tornem um sinal de boa nova".
E, no entanto, o jovem tem medo.
No apelo de Jesus, há algo de muito belo.
Descobrimos que somos amados,
um outro mundo se abre diante de nós.
Mas há também algo de muito exigente:
é preciso aceitar deixar o nosso antigo mundo, vender aquilo
a que dávamos valor.

Jean Vanier, em "A Fonte das Lágrimas"

Um comentário:

Anônimo disse...

Encontrar um Grande tesouro .Grande tesouro à ser lapidado em cada gesto de Amor pela vida Fraterna e Humana entre nós .Todos nós.
Bjnhos.

Nada é grave...

"Nada é grave, a não ser perder o amor." [Irmão Roger de Taizé]