quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

A CORAGEM DOS RECOMEÇOS


«Dá-nos Senhor, a coragem dos recomeços.

Mesmo nos dias quebrados faz-nos descobrir limiares límpidos.
Não nos deixes acomodar ao saber daquilo que foi: dá-nos largueza de coração para
abraçar aquilo que é. Afasta-nos do repetido, do juízo mecânico
que banaliza a história, pois a desventra de qualquer surpresa e esperança.
Torna-nos atónitos como os seres que florescem.
Torna-nos inacabados como quem precisa e deseja e antecipa um amanhã.
Torna-nos confiantes como os que se atrevem a olhar tudo, e a si mesmos,
com o encanto e a disponibilidade de uma primeira vez.»

José Tolentino de Mendonça

Um comentário:

Marcus Henrick disse...

faço destas palavras, também minha oração, tocou muito forte em meu ser/existir...

Coragem dos Recomeços ...

Nada é grave...

"Nada é grave, a não ser perder o amor." [Irmão Roger de Taizé]