sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

O AMOR E A ALEGRIA


«Não posso aceitar uma concepção de Deus cujo caminho seja a tristeza e a angústia, já que no cerne do projecto humano julgo que tem de estar o amor e a alegria

António Alçada Baptista, em "A cor dos dias"

Nenhum comentário:

Nada é grave...

"Nada é grave, a não ser perder o amor." [Irmão Roger de Taizé]