terça-feira, 22 de junho de 2010

A SALVAÇÃO

«A salvação (...) é o esvaziamento, a desapropriação de nós mesmos!(...)

O Pai só é para o Filho, o Filho só é para o Pai, o Espírito Santo é a energia do amor que faz com que Eles sejam um para o outro. Fizemos da salvação algo que se pode possuir, quase que em sentido físico. Seria uma espécie de «sucesso desportivo ideal», e os santos os únicos que o teriam alcançado. Se considerarmos que o fim da nossa vida, dos nosso esforços, é a nossa salvação pessoal, desconhecemos por completo o projecto de Deus e estamos à margem do espírito de Cristo.(...)

Em pleno Sermão da Montanha, Jesus diz-nos: «Sede perfeitos como o vosso Pai celeste é perfeito» (Mt 5, 48). É preciso que compreendamos bem o que isto quer dizer: «Sede Pai com Ele!» Isto é: «Tende a preocupação permanente de toda a comunidade».

A perfeição do Pai é a de estar todo dado aos seus filhos. Não façamos do amor ao próximo um meio de salvação ou uma condição para a salvação. Seria subordinar os outros a nós próprios, ou seja, seria não os amar. Dar-me aos outros pelo facto do dom de mim mesmo ser condição para a salvação seria precisamente não me dar.
O dom de si mesmo, isto é, o amor do próximo, é constitutivo da salvação. Não é um meio para a salvação, não é uma condição para a salvação. É a própria salvação.

François Varillon, em "Viver o Evangelho"

Um comentário:

Gnose_3F disse...

A Salvação individual exige esforços conscientes e padecimentos voluntários.

O caminho foi dito por Jesus Cristo diversas vezes. E em uma de suas frases está muito bem resumido e sinalizado o nosso trabalho de transformação íntima que temos que

realizar urgentemente.

Jesus, resume os 3 fatores na seguinte frase, em Marcos, 8:34 "Se alguém quiser vir após mim, negue-se a si mesmo, tome sua cruz, e siga-me".


Esta é a doutrina síntese contida em todas as religiões.
Essa doutrina crística são os três fatores de revolução da consciência

Cabe agora a cada um de nós sermos sérios e trabalhar intensamente com os três fatores de revolução da consciência.
http://gnosesamaelaunweor.blogspot.com/

Nada é grave...

"Nada é grave, a não ser perder o amor." [Irmão Roger de Taizé]