sexta-feira, 19 de setembro de 2008

DEUS NUNCA SE DECEPCIONA

«Somos moldados por todas as graças que recebemos, por todas as graças que recusámos,
por todos os gestos de amor e todos os gestos de ódio ou de indiferença,
pelos nossos fracassos e os nossos êxitos;
tudo, literalmente tudo se inscreve na nossa carne.


Assim, a experiência do amor de Deus por nós,
experiência que fazemos um dia (...),
não muda a nossa história nem o que nos moldou,
mas muda-nos porque nos revela que Deus nos ama,
tal como somos,
não tais como gostaríamos de ser,
não tais como a sociedade ou os nosso pais gostariam que fôssemos,
mas tais como somos hoje, com as nossas fragilidades, as nossas feridas,
os nosso medos, as nossas qualidades e os nosso defeitos.

Tais como somos hoje, somos amados por Deus.


E, se temos a impressão de que constantemente decepcionamos os outros,
que somos incapazes de corresponder às suas expectativas,
à sua confiança, às esperanças que depositaram em nós;
se temos o sentimento de que há uma distância
entre o que parecemos ser e o que somos na realidade,
entre aquilo que os outros pensam que somos capazes de fazer e o que podemos fazer de facto, então é preciso que saibamos que a Ele, o nosso Deus, jamais O decepcionaremos.


Ele conhece-nos exactamente.
Conhece o estranho mundo de trevas e luz que nos habita,
conhece melhor que nós esta mistura misteriosa que somos,
sabe aquilo de que somos capazes.
Os outros podem ser decepcionados por nós porque formam sonhos a nosso respeito
e nos projectam no ideal;
Deus nunca Se decepciona, porque aquele que ama, é aquele que eu sou hoje;
Deus não vive no futuro nem no passado mas sim no presente.
Ele "é" o presente e vê-me na minha realidade presente.»

(Jean Vanier, em "A Fonte das Lágrimas")

4 comentários:

Luis Carlos disse...

Olá Paulo,

Eu sei que Deus nunca se decepciona. A questão é, de que Deus estamos a falar?

Por que o Deus das religiões oficiais não é assim, é muito ciumento, invejoso, intolerante, castigador, vingativo e vive separado de nós e não está em nós.

Um deus que se decepciona não é Deus. Não pode ser. Para se decepcionar tinha que que ter expectativas, e para ter expectativas não pode ser Amor. Não sendo Amor não pode ser Deus.

Até já,
Luís Carlos

Viviana disse...

Olá Paulo, meu bom amigo e irmão

Tenho pena de não poder vir aqui nais vezes... mas a minha vida está tão cheia!

Quanto ao tema que esplana no seu post, considero-o de uma grande actualidade e oportunidade.

Aí está o cerne da questão.

A mensagem maravilhosa do Amor de Deus.

È essa mensagem que faz toda a diferença na vida de cada ser humano, de cada pessoa.

Viver com ou sem Cristo.

Mas para se poder escolher viver com Cristo, tem que se conhecer a mensagem que Ele nos veio trazer.

E aí, nessa parte, Ele conta com os crentes, com os seus discípulos de hoje, os seus seguidores, para tornarem conhecido o seu Imcomparável Amor.

Acerca desse Amor diz-nos o Apóstolo Paulo:

"Mas Deus prova o seu Amor para conosco, em que Cristo morreu por nós sendo nós ainda pecadores.

(Epístola de Paulo aos Romanos cap.6, vers. 8)

È assim, "ainda pecadores"... com as nossas fraquezas, com os nossos defeitos, com os nossos hábitos, com as nossas tendências,com as nossas virtudes, com as nossas qualidades, com tudo aquilo que através da nossa vivência "se colou" a nós... é mesmo, mesmo assim que ele nos ama e nos quer muito bem.

Eu conheço pessoas que há anos estão á espera de serem "bons" para tomarem uma decisão ao lado de Cristo.

Bem podem esperar...por eles próprios nunca o conseguirão.

Aí, entra o Poder de Deus para salvação de todo aquele que crê.


"A minha graça te basta, porque o meu poder se aferfeiçoa na fraqueza."

(II carta do Apóstolo Paulo aos Coríntios cap. 12, vers. 9)

Com as nossas fraquezas...com tudo o que somos...Deus está de braços abertos para nos receber, abraçar, perdoar, acarinhar e salvar.

Corramos pois para os seus braços de Amor.

Um abraço Paulo querido

Que Deus muito o abençoe

viviana

cursos de teologia disse...

Parabéns Paulo, pelo excelente e abençoado conteúdo deste blog!!!

Abraço e continue na abundante Graça!!!

Anônimo disse...

Eu conheço pessoas que há anos estão á espera de serem "bons" para tomarem uma decisão ao lado de Cristo.

Bem podem esperar...por eles próprios nunca o conseguirão.


nao pecebo amigo.

A beleza que salva o mundo

"...Porque o amor, mesmo que em silêncio, está sempre germinando as primaveras.  Amar é a beleza que salva o mundo."  [Lu...