sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

IMPERFEIÇÕES

«Sermos nós próprios é percebermos o caminho da imperfeição.
O que nos mata é essa perseguição da perfeição. Não temos de ser perfeitos. Temos de ser inteiros.
A verdadeira perfeição é a de quem não tem pés e não desiste de andar. Este não desistir de si é o essencial.»
José Tolentino de Mendonça

Nenhum comentário:

Nada é grave...

"Nada é grave, a não ser perder o amor." [Irmão Roger de Taizé]