domingo, 30 de junho de 2013

UMA ÁRVORE




Façamos da nossa vida um mistério de entrega aos outros, de auto-doação... Como esta árvore, como Jesus que veio para servir e não para ser servido...


"Se por algum desígnio voltar a esta terra amada gostava de ser uma árvore visitada por aves no Verão, por onde se passeassem os esquilos, onde escrevessem no casco pequenos nomes humanos apaixonados.

Uma árvore de uma floresta do norte on
de no inverno cai a neve e há aquele silêncio que tudo guarda. E que depois fosse cortada por um lenhador, pai de uma família grande e saudável, e que parte de mim fosse logo queimada, o seu calor cozendo a comida de todos e que com a melhor madeira se fizesse uma mesa onde alguém um dia escrevesse uma carta a alguém que estivesse longe para lhe dizer que a amava."


Pedro Paixão, em "Nos teus braços morreríamos"

0 Comments: