domingo, 21 de outubro de 2012

SEM MIM...


«Sem mim, nada podeis fazer.» João 15,5


«Não tenho milagres para te dar. Mas tenho milagres para te propor.
Não tenho milagres para te fazer. Mas há milagres que podem acontecer entre nós.
Às vezes gostava que tivesses menos crenças acerca de mim e mais Fé em ti mesmo e do que nós podemos fazer juntos!
Assentas os pés na Esperança que te proponho, e em verdade em verdade te digo que estarás a condenar à morte os medos que te habitam. O medo é a noite da alma, a cegueira dos sentidos.
Conheço-te tanto quanto te amo e vejo-te tão bem quanto te quero. 
És maior que todos os teus pecados. Nada nem ninguém te poderá separar do meu amor. Não está ao teu alcance a possibilidade de eu deixar de te amar!

Há-de haver um dia para cada um de nós que levamos o belo nome de "cristãos" - quer dizer, os "crísticos", os que têm a pinta do Cristo Galileu - em que perceberemos que a Fé em/de Jesus é um estilo de vida, é uma vida com estilo, um certo estilo, um estilo certo...»

Rui Santiago 

http://derrotarmontanhas.blogspot.pt/2012/07/recado.html


1 Comment:

Mangela said...

Olá Paulo! Boa noite!Linda postagem e profundamente cristã. um abraço meu.Mângelacastro.