quarta-feira, 24 de outubro de 2012

O JEITO DE AMAR


«A identidade espiritual da pessoa, isto é, o seu jeito de amar é a veste nupcial com a qual vai tomar parte no banquete da Comunhão Universal. A vida pessoal e espiritual não se situa ao nível do físico, isto é, não se pesa ao quilo, não se avalia pelo volume, não se mede ao metro, nem se analisa pelo cálculo das superfícies. Para conhecer a qualidade e a grandeza da vida espiritual de uma pessoa basta analisar o seu jeito de amar.

É por esta razão que no Reino de Deus as pessoas são evidentes umas para as outras, pois a sua identidade consiste no seu jeito de amar. Por outras palavras, cada pessoa está presente na festa da Família de Deus com o jeito de amar que adquiriu enquanto viveu na História.

O amor é, portanto, o critério definitivo. O ser humano está a caminhar para a plena reciprocidade onde cada pessoa se possui na medida em que se dá. Isto significa que a pessoa, ao dar-se, não se perde e que será eternamente mais divino quem mais crescer na capacidade de amar...»

Para ler na íntegra: http://derrotarmontanhas.blogspot.pt/2012/06/imagem-de-deus-no-amor.html


0 Comments: