quinta-feira, 24 de março de 2011

FONTE DIVINA


Respondeu-lhe Jesus: «Se conhecesses o dom de Deus e quem é o que te diz: Dá-me de beber, tu é que lhe pedirias e ele havia de dar-te água viva!»Disse-lhe a mulher: «Senhor, tu não tens com que tirá-la, e o poço é fundo; donde, pois, tens essa água viva? És tu, porventura, maior do que o nosso pai Jacó, que nos deu o poço, do qual também ele mesmo bebeu, e os filhos, e o seu gado?Replicou-lhe Jesus: Todo o que beber desta água tornará a ter sede; mas aquele que beber da água que eu lhe der nunca mais terá sede; pelo contrário, a água que eu lhe der há-de tornar-se nele uma fonte de água jorrando para a vida eterna.» (João 4, 10-14)

"Quande se ama alguém, dá-se-lhe a vida,dá-se-lhe confiança em si próprio, mostra-se-lhe como é belo, revela-se-lhe o poder do amor que está nelee a sua capacidade para dar a vida.
Dizendo a essa mulher da Samaria que a água que Ele, Jesus, lhe ia dar se tornaria nela "nascente de água jorrando para a vida eterna",Jesus revela-lhe que há nela um poço,uma nascente, uma fonte divina.
Nós não sabemos que há em nós essa nascente. Sabemos que temos uma inteligência, sabemos que podemos produzir coisas,sabemos que temos emoções, desejos, pulsões,mas ignoramos que há em nós um poço de ternura,uma fonte que pode dar a vida,uma nascente que pode comunicar o próprio amor de Deus.
Jesus revela à samaritana este mistério que está nela: ela é capaz de amar, pode tornar-se um poço, uma nascente de vida eterna se matar a sede na nascente que é Jesus.
É o grande segredo para cada um de nós:se bebemos na nascente que é Jesus,podemos tornar-nos fonte de ternura que dá vida ao mundo e corresponder ao desejo de Jesus de que sejamos fecundos e produzamos muito fruto."


Jean Vanier, em "A Fonte das Lágrimas"

Nenhum comentário:

As velas

"Nas igrejas nada reza excepto as velas. Elas perdem todo o seu sangue. Consomem todo o seu pavio. Não reservam nada para elas, d...