quarta-feira, 6 de julho de 2011

DEUS CONNOSCO

«A maioria de nós ignora a sua vocação. Não compreendemos que Deus precisa de nós onde eles nos encontramos, que Deus precisa de nós para continuar a Sua obra no mundo, que Deus conta connosco para aperfeiçoar e santificar o mundo! 
Que Deus nos confiou esta ocupação, estes filhos, este homem, esta mulher, aquela tarefa. E que cada um de nós é o administrador sábio e prudente que o seu senhor colocou sobre alguns dos Seus bens e dos Seus servos a fim de distribuir a cada qual o alimento em tempo oportuno.
O Senhor tudo poderia ter feito sozinho. Mas quis que o mundo fosse como é... ainda que fosse menos bom! Deus quis precisar dos homens. Quis que fôssemos necessários ao coroamento da Sua obra. «Fareis coisas maiores do que eu».
Deus confiou em nós. Confiou-nos a Sua tarefa. E espera que nós a realizemos. Precisa de nós para tornar feliz essa mulher, para tornar feliz esse homem. 
Precisa de nós para manifestar a Sua ternura, a Sua bondade, a Sua paciência, a Sua fé, a Sua coragem.

Aquilo que conta não é o género de missão que se recebeu, é saber que temos missão, é repetirmo-nos incessantemente: Deus está comigo. 
Deus envia-me aqui onde estou. Aquele que julga ter escolhido por si mesmo a sua própria vida está sozinho, triste, isolado. Mas, aquele que sabe que Deus escolheu por ele, que Deus lhe confiou o que tem a fazer cada dia, esse permanece com Deus, como o Filho. O Filho enviado ao mundo («O Pai me envia...») ficou unido ao Pai («O Pai nunca me deixa só... porque sempre faço o que Lhe agrada»).

"Se guardardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor; do mesmo modo que eu tenho guardado os mandamentos de meu Pai, e permaneço no seu amor. Estas coisas vos tenho dito, para que a minha alegria permaneça em vós, e o vossa alegriá seja completa." (João 15, 10-11) 

Enquanto considerarmos as nossas actividades apenas na sua perspectiva humana, elas nos hão-de balançar sem fim, desde o mais ingénuo entusiasmo ao mais amargo tédio. Cristo, porém, veio dizer-nos «estas coisas» para que a Sua alegria e a Sua paz tudo invadissem e unificassem.»
Louis Evely, em "Tu és esse homem"

1 Comment:

Oração e Intercessão said...

A PAZ,
O SENHOR CHAMA, E ELE CAPACITA DE NÓS MESMOS NADA FAZEMOS MAS DEUS NOS ESCOLHEU PARA FAZERMOS UMA GRANDE OBRA, E CADA UM TEM UMA TAREFA MUITO ESPECIAL NESTA JORNADA,PORQUE NÃO IMPORTA SE O QUE FAZEMOS É GRANDE OU PEQUENO, IMPORTA SE FAZEMOS DE CORAÇÃO PARA DEUS.

BENÇÃOS DO SENHOR P/ VC!!
http://intercessaoeoracao.blogspot.com