quinta-feira, 26 de maio de 2011

BONDADE DIVINA

«Deus não nos ama por causa das nossas virtudes. Ama-nos apesar de nós!

Somente depois de se ficar profundamente maravilhado e penetrado pela prodigiosa bondade de Deus para connosco, é possível deixarmo-nos vencer por ela de modo a começar a imitá-la.»




Louis Evely

Um comentário:

Quero "ser" Comunidade disse...

Paulo, o conteúdo do seu blog é riquíssimo, parabéns. Também aprecio muito Anselm Grün, Tagore, entre outros...
Paz e Bem. Cátia

Nada é grave...

"Nada é grave, a não ser perder o amor." [Irmão Roger de Taizé]